O Melhor de dois Mundos

HARMONIZAÇÕES COM VINHOS E VINHOS DO PORTO

A relação de prova entre vinhos, vinhos do Porto e o chocolate, tem encantado muitos dos sommeliers e chefes, enólogos, enófilos e consumidores.  O chocolate negro serve de base a muitas destas experiências degustativas.

As características de ambos, embora naturalmente diferentes, complementam-se pois, função do perfil do chocolate e dos vinhos, encontramos registos e expressões comuns: complexidade, volume de boca, acidez, tostados, frutos vermelhos. Classificações idênticas para estas duas categorias de produtos e que nos convidam à experimentação.

 

Trufas Frescas

A ponte para experiências sensoriais únicas

Na prova, coloque o chocolate na boca, deixe-o derreter um pouco encostado ao céu da boca. Tente identificar os diferentes sabores e junte o vinho. Aprecie os contrastes, as sensações e as afinidades.

A trufa de chocolate negro, amêndoa e laranja, propõe acompanhamento com vinhos tintos  mais envelhecidos que remetem para notas tostadas e de frutos secos.

A trufa de chocolate negro, com pó de cacau, vinhos tintos muito encorpados e fortes taninos.

A trufa de chocolate negro e  flor de sal, vinhos tintos de boa acidez, fruta vermelha e alguma complexidade.

 

Tabletes

Arandos + Porto Ruby

O sabor agridoce dos arandos combina especialmente com as notas de frutos vermelhos dos vinhos do Porto de perfil Ruby.

Nibs + Porto Vintage

O sabor exótico e intenso dos nibs (pepitas trituradas da fava de cacau) desafia o vigor de um Porto Vintage relativamente novo.

Flor de Sal + LBV

A frescura da Flor de Sal liberta o que de melhor há no Porto LBV, para que possa apreciar todas as características de ambos.